domingo, 26 de setembro de 2010

Ela sabe voar!

E você de repente está vivendo como se não houvesse uma segunda chance.E você realmente precisa fazer tudo hoje, agora. O tempo não para. Ele não vai parar para você reconstruir o que você perdeu, para você recolocar o que foi roubado. Ele simplesmente não para. O tempo..ahh o tempo! Ele mostra como é bom viver, como é bom estar vivo. Mas você não percebe, você está presa a velhos dogmas, crendices...Você não sabe de nada. E nem o tempo tem te ensinado. Você só sabe que precisa voltar. Voltar ao tempo em que aquela menina podia sonhar. Aquela menina...Aaahhh aquela menina. Aquela menina podia tudo. Podia voar, podia sonhar, podia realizar. Aquela menina podia tudo. Onde ela se perdeu? onde foi parar? Aquela menina não tinha medo, não tinha medo do amor, não tinha medo da dor. A dor não existia. Aquela menina podia tudo! Aquela menina...Aahhh talvez aquela menina tenha morrido. E sem ela você se sente tão cansada, tão sobrecarregada. Ela aliviava suas pressões. Ela elevava sua alma. Mas você sabe que ela não voltará. Ela se perdeu e você não tem como reencontrá-la. Ela é livre demais pra viver perto de medos, de frustrações. Ela pode voar! Ela não quer se olhar no espelho e ver a metade do que ela poderia ser. Ela quer ser completa. Ela quer ser entrega. Ela quer ser feliz. E você a apavora com suas ambições, com seus caprichos, com seus cuidados, com seus medos. Ela não sente medo. Só sente medo perto de você. E você cada vez mais perdida nesse mundinho que criaram pra você. Um mundo em que você tem que ser sempre perfeita. Um mundinho que não tolera erros. Que você tem que ser forte. Mais forte que suas próprias forças.
Nesse mundo você não consegue alcançar aquela garotinha. Aquela garotinha que pode voar. Aquela garotinha que só quer voar! Talvez ela tenha se tornado um anjo. Um anjo que não está olhando por você. Afinal de contas nem você tem olhado por você mesma. O que andas fazendo com tua vida? Acumulando bens matérias como se houvesse amanhã. NÃO, NÃO HÁ. O amanhã não existe, a não ser que você saiba voar. você sabe? Aquela garotinha sabe! E aquela garotinha te olha...neste momento ela olha pra você e sente medo. Medo do que ela não quer se tornar. Medo do que ela nunca quer ser. Mas você é. E as vezes se vangloria por isso. Aquela garotinha quer amar. E você? você sabe o que é isso? Você já pensou sobre isso? Aquela garotinha sabe muito bem o que é. Sabe tanto que te deixou livre para fazer suas próprias escolhas. MAs agora ela voa. E você tenta alcança-la. Mas você não consegue. Segunda chance? Sim, existe.Se entregue. Ela sabe voar! Você está nos braços de um anjo, talvez você encontre algum conforto aqui.

3 comentários:

  1. aaah Paulinha. Seus textos. Ahhh paulinha.

    ResponderExcluir
  2. Paula, que lindo seu blog. Parabéns. Vou voltar aqui sempre!

    ResponderExcluir